Guia do Investidor
din1093 stone1
Notícias

Ação da Stone estabelece novas mínimas; Será a nova Cielo?

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

  • As ações da Stone voltaram a estabelecer novas mínimas nesta tarde;
  • A companhia vem enfrentando a desconfiança do mercado desde a liberação do resultado do segundo trimestre de 2021;
  • o movimento ainda é ampliado pelas quedas do mercado internacional.

A Stone é um dos grandes nomes do setor de pagamento brasileiro. No entanto, apenas seu nome não está sendo mais o suficiente para sustentar a cotação das ações na bolsa de valores americana. As ações estão em queda de 7,43% nesta tarde em Wall Street e renovou sua mínima histórica. Desse modo “superou” o recorde antigo da tarde de ontem, quando fechou a US$ 12,32.

As BDRs também vão na mesma direção de seus pares americanos e desabaram 83,42% desde sua listagem.

Leia mais  Stone abre mais de 170 vagas de emprego para área comercial
image 124
Fonte: Google Finance

O volume negociado está 30% abaixo da média de 20 dias, e a volatilidade implícita em três meses é de 94% No lado da dívida, a situação parece mais tranquila. A Stone tem um bond de US$ 500 milhões no mercado com vencimento em 2028 que hoje negocia a US$ 82,25, um yield to maturity de 7,5%.

Quando foi emitido em junho de 2021, o yield era de 3,95% – mas a abertura de taxa parece em linha com o aumento de spreads para nomes de emerging markets. A ação da Stone vem perdendo valor desde a divulgação dos resultados do segundo trimestre de 2021, quando a empresa revelou que perdeu dinheiro com o crédito. O resultado do 3TRI21 não mostrou reação do negócio, muito afetado pelas despesas financeiras.

Além disso, no passado, a empresa perdeu 80% de seu valor de mercado. A Stone deve divulgar o balanço de 2021 no início de março, mas ainda não há data marcada.

Nos siga no Google News
Leia mais  Stone (STOC31) indica dois novos membros ao seu conselho de administração

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Stone registra lucro de R$ 564 milhões no 4T23

Márcia Alves

Stone abre mais de 170 vagas de emprego para área comercial

Guia do Investidor

Pulou fora: Stone vende sua participação no Banco Inter

Leonardo Bruno

Máquina da Stone sai do ar e prejudica happy hour nesta quinta-feira

Fernando Américo

Sistemas de gestão da Linx terão conta digital integrada com a Stone

Guia do Investidor

Após aquisição por Stone (STOC31), Linx compra empresa que liga varejistas a shoppings virtuais

Ruan Sousa

Deixe seu comentário