Guia do Investidor
B3 12
Notícias

B3 (B3SA3) anuncia sua sexta emissão de debêntures

O Conselho de Administração da (B3SA3) aprovou nesta segunda-feira (25) a sexta emissão de simples, não conversíveis em , no valor total de R$ 3 bilhões.

Os títulos terão remuneração atrelada à taxa DI (Depósitos Interfinanceiros) acrescida de spread a ser definido de acordo com procedimento de bookbuilding e limitado a 1,33% a.a.

O prazo de vencimento das debêntures é de 5 anos com amortizações em duas parcelas iguais em agosto de 2026 e agosto de 2027.

A B3 informou que, também na data de hoje (25), o Conselho aprovou o pré-pagamento das debêntures simples da terceira emissão da companhia, condicionado à emissão e liquidação das Debêntures da Sexta Emissão. As debêntures da terceira emissão haviam sido emitidas em agosto de 2020, ao valor nominal de R$ 3,55 bilhões na data de emissão e com pagamento semestral de juros de DI + 1,75% a.a..

Por fim, a B3 diz a emissão das debêntures da sexta emissão e o pré-pagamento das debêntures da terceira emissão estão associadas ao processo de gestão de passivos e gestão ordinária dos negócios da companhia.

Leia mais  Joint venture entre Totvs e B3 faz sua primeira aquisição

O que é uma debênture?

Uma debênture, de forma resumida, é um título de dívida. Ou seja, investimento em debêntures nada mais é que um empréstimo para empresas que não sejam uma instituição financeira ou uma instituição de crédito imobiliário. No entanto, ao invés de recorrer aos bancos e suas altas taxas para estes empréstimos, a companhia recorre aos investidores do mercado de capitais.

Em outras palavras, funciona da seguinte forma: uma empresa necessita de uma quantidade de para fazer algum investimento de expansão dos negócios ou, até mesmo, pagar débitos. Dessa forma, em vez de procurar um empréstimo no banco (que costuma ter custos mais altos), ela lança debêntures no para captar recursos.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no : abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

ANBIMA ultrapassa as marcas recordes de 700 debêntures e de 100 certificados de recebíveis precificados diariamente

Guia do Investidor

Investidores estão fugindo da bolsa? B3 registra queda de 25% em negociações em Junho

Leonardo Bruno

Debêntures representam mais da metade do volume levantado no mercado de capitais no primeiro semestre

Guia do Investidor

CVM cobra explicações da BRF sobre oscilações de suas ações

Cristiane Luzio Rodrigues

Procurando ganhos rápidos? Veja 10 ações indicadas para comprar

Cristiane Luzio Rodrigues

Ainda há esperança? Via (VIIA3) aprova emissão de debêntures

Cristiane Luzio Rodrigues

Deixe seu comentário