Guia do Investidor
banco central
Notícias

Banco Central volta a oferecer dólares ao mercado

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Após 10 anos o Banco Central volta a oferecer dólares ao mercado. A medida visa repor a falta e aumentar a liquidez da moeda estrangeira.

O BC precisou apresentar uma solução para o cenário que se apresenta atualmente. Pois o dólar vem apresentando uma menor liquidez, devido à grande remessa que vem ocorrendo para o exterior.

Com isso, juntamente com a instabilidade da taxa de juros, gera uma procura maior dos bancos pela moeda em espécie. O que tem causado falta da moeda no mercado nacional.

Banco Central apresenta soluções para aumentar liquidez do dólar

Nos últimos anos o BC vinha oferecendo contratos de Swap cambial no lugar da moeda em espécie. Esse contrato garante a proteção ao comprador de receber o valor referente a variação da taxa de câmbio.

Você sabe quais as melhores casa de câmbio do Brasil? Então clique aqui e descubra onde você pode confiar!

Para quem precisava da moeda em espécie, o BC oferecia linhas externas, que são vendas temporárias. Elas permitem ao comprador efetuar o saque até o vencimento do crédito gerando movimentação.

O Banco Central também oferecerá o Swap reverso, com a intenção de zerar os swaps ainda existentes e recuperar a liquidez. A previsão é que este cenário não se finalize a curto prazo, porém também não é considerado permanente.

Também ocorrerá uma antecipação dos vencimentos dos swaps já existentes no mercado, a fim de zerar e equilibrar o mercado. Então embora o BC ainda não acredite que essa seja a melhor solução, é a solução viável no momento.

O Banco Central destacou que esta medida não reflete uma mudança na política cambial do país. É apenas uma manobra para equilibrar e restaurar a liquidez do dólar no mercado atual.

Por fim, a oferta de dólares iniciou dia 21 de agosto junto com a oferta dos swaps reversos e antecipação dos vencimentos. Assim o valor a ser aplicado no swap reverso, será definido de acordo com o arrecadado em leilões.

Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Dólar avança após governo ceder em pagamento de emendas

Fernando Américo

B3: produtos ligados a juros batem recorde em 2023

Guia do Investidor

Dólar fecha em alta após ata do Fed reforçar cautela sobre cortes

Guia do Investidor

Adeus Brasil: Gringos retiram R$ 15 bilhões da bolsa em 2024

Guia do Investidor

Dólar despenca pelo 4º dia após corte de juros na China

Guia do Investidor

Mercados aguardam decisões do PBoC e Ata do Fed

Guia do Investidor

Deixe seu comentário