Guia do Investidor
Free Unsplash@markusspiske 2
Notícias

Banco Original: IPCA-15 surpreende o mercado ao apresentar alta de 0,99% em fevereiro

Os economistas do Banco Original — Marco Caruso (economista-chefe), Lisandra Barbero e Eduardo Vilarim — publicaram uma análise sobre o desempenho do -15 no mês de fevereiro.

Resumo

Acima tanto das nossas expectativas (0,84%) quanto da mediana do (0,87%), o de fevereiro apresentou alta de 0,99%, o equivalente a uma alta acumulada de 10,76% em 12 meses.

O resultado foi puxado principalmente pela alta de transportes, que ficaram bem acima do nosso tracking semanal para a abertura. Por outro lado, saúde e cuidados pessoais foram o único grupo a apresentar queda, refletindo uma redução de preços dos planos de saúde.

Olhando à frente, a perspectiva de uma nova alta próxima a 0,99% para o IPCA fechado do mês elevaria a nossa projeção do ano dos atuais 5,6% para 5,8% em 2022.

Detalhes

O índice de fevereiro (seguindo a coleta de preços que ocorreu de 14 de janeiro a 11 de fevereiro) surpreendeu em função da alta de transportes, vestuário e artigos de residência.

Transportes chama a atenção pelo aumento de preços decorrente de veículo próprio, categoria que engloba veículos novos, usados, seguro voluntário e serviços veiculares; todos os demais subgrupos, como transporte público e combustíveis, ficaram no campo negativo ou estáveis. 

Leia mais  De cada 10 brasileiros, 7 cortaram itens de compra no mercado por causa da inflação

Do lado positivo (em termos de menor ), saúde e cuidados pessoais foi a categoria que ajudou a conter parte do avanço da cesta de consumo, influenciada pela queda dos preços dos planos de saúde (-0,69%) e produtos de higiene pessoal. 

Duráveis, semiduráveis e não duráveis, por outro lado, trouxeram resultados inflacionários acima do esperado, refletindo o ambiente de alto e demanda ainda aquecida por artigos de residência (como eletrodomésticos e móveis e utensílios) e vestuário. 

Com essa surpresa de hoje, o índice acumulado em 12 meses voltou a acelerar (10,76% ante 10,20% anteriores), acompanhado pela média dos núcleos (série que exclui os itens mais voláteis do cálculo), que continua se distanciando da meta de inflação para o período.

Olhando à frente, a perspectiva de uma nova alta próxima a 0,99% para o IPCA fechado do mês levaria a nossa projeção do ano dos atuais 5,6% para 5,8% em 2022.

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

“As incertezas em relação à inflação mundial ainda não acabaram”, afirma gestor de renda fixa

Guia do Investidor

De cada 10 brasileiros, 7 cortaram itens de compra no mercado por causa da inflação

Guia do Investidor

Crise inflacionária leva 65% dos brasileiros a comprarem marcas mais baratas, diz pesquisa da PROTESTE

Guia do Investidor

Inflação, taxas de câmbio e trabalho flexível moldam a mobilidade corporativa dos funcionários, de acordo com o estudo de Custo de Vida da Mercer

Guia do Investidor

Inflação pelo IPC-S sobe 0,67% na quarta quadrissemana de junho

Guia do Investidor

Ciclo de juros altos deu certo? Analistas indicam que o “pior da inflação” já passou

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário