Guia do Investidor
Bradesco6
Notícias

Bradesco lucra R$ 6,8 bilhões no resultado 1T22

O (;BBDC4) registrou um lucro líquido recorrente de R$ 6,821 bilhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), representando alta de 4,7% frente igual período de 2021, quando registrou um lucro de R$ 6,515 bilhões. O banco divulgou seus números nesta quinta-feira (5).

Segundo consenso Refinitiv com , a expectativa era de que o banco registrasse um lucro de R$ 6,762 bilhões, ou uma alta de 3,8% na base anual.

A administração atribuiu o resultado a um bom desempenho da margem financeira, das receitas de prestação de serviços e despesas operacionais.

A margem financeira com clientes avançou 7% em relação ao trimestre imediatamente anterior e 19,6% na comparação anual. O spread aumentou para 9,7%, ante 9,1%.

O lucro líquido contábil ficou em 7,009 bilhões, com alta de 13,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

Quando a comparação é entre o primeiro trimestre deste ano e o quarto trimestre do ano passado, o lucro recorrente avançou 3,1% e o contábil subiu 121,1%.

Já o Retorno Sobre o Patrimônio Médio (ROAE, na sigla em inglês) foi de 18%, número 0,5 ponto percentual maior que o do trimestre anterior, mas 0,7 ponto percentual abaixo do registrado nos três primeiros meses do ano passado.

Leia mais  PMI Industrial da China faz bolsas mundiais subirem

As receitas de prestação de serviços somaram R$ 8,611 bilhões no 1T22, aumento de 6,7% na comparação ano a ano e queda de 2,9% em comparação com o 4T21.

Ademais, a Provisão para Devedores Duvidosos (PDD) expandida foi de R$ 4,836 bilhões no trimestre, aumentando 23,8% na comparação com igual trimestre de 2020 e 12,9% com o 4T21.

A base de clientes aumentou em 5,8%, na comparação com o mesmo período do ano passado, para 74,8 milhões, sendo 21 milhões nas operações digiatias (Next, Bitz e Digio). Segundo o Bradesco, os canais digitais liberaram o equivalente a 32% dos créditos liberados do banco, atingindo R$ 23,6 bilhões. O volume cresceu 44% em relação ao primeiro trimestre de 2021.

A de crédito expandida do Bradesco terminou o mês de março em R$ 834,4 bilhões, representando uma alta de 18,3% em relação a um ano antes e de 2,7% comparado ao final de dezembro de 2021. Houve crescimento tanto da participação de pessoa jurídica (R$ 502,04 bilhões) quanto de pessoa física (R$ 331,40 bilhões).

Leia mais  ASAI3, PCAR3, PRIO3 e mais 20 ações para comprar em Março

Conhece a agenda de resultados?

Por fim, se você quer se organizar para acompanhar as datas dos Resultados do 1T22? Então, não deixe para depois e confira a Agenda de Resultados do Guia do Investidor.

No calendário estão reunidas todas as datas da divulgação dos Resultados do 1T22 das empresas listadas na bolsa de valores brasileira. Claro que sempre de formas simples e prática. Dessa forma, basta acessar clicando aqui!

Avalie este post:
[Total: Média: ]

NÃO DURMA NO PONTO!
Receba as mais quentes do em primeira mão no seu Telegram:
ATIVAR AGORA!

Nossas redes:

Leia mais

Os juros altos “estarão entre nós” até o segundo semestre de 2023; Afirma o Bradesco

Leonardo Bruno

PetroRio, JBS e Vale: Descubra as ações “queridinhas” dos analistas para a semana

Leonardo Bruno

Ibovespa segue em queda alinhado com mercados internacionais

Leonardo Bruno

Vale, JBS e PetroRio: Confira as ações favoritas dos analistas para a semana

Leonardo Bruno

Só “as tops”: Confira as ações mais populares entre os especialistas para a semana

Leonardo Bruno

Ibovespa segue “sem forças” nesta terça; Confira os destaques do mercado

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário