Guia do Investidor
PAGUE MENOS GDI
Recomendações

Compre-Menos: analistas rebaixam PGMN3

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

As ações da Pague Menos (PGMN3) registraram uma queda acentuada na B3 nesta quinta-feira (4), com um decréscimo de 11,40%, fechando a R$ 3,42. Esse movimento veio na esteira de uma revisão de recomendação por parte do Itaú BBA, que alterou a classificação de outperform para market perform. A mudança de perspectiva da instituição financeira, junto com a redução do preço-alvo de R$ 5 para R$ 4,20 ao fim de 2024, teve um impacto significativo sobre a confiança dos investidores na empresa.

A revisão do Itaú BBA foi baseada em uma atualização das estimativas para a Pague Menos, levando em consideração os resultados mais recentes da companhia e seu guidance reduzido para a abertura de novas lojas. A Pague Menos tem se concentrado principalmente na integração da Extrafarma, um processo que avançou consideravelmente ao longo de 2023, e no fortalecimento de sua estrutura de capital. Contudo, o ritmo mais lento na abertura de lojas para 2024, combinado com a expectativa de um menor reajuste no preço dos medicamentos, resultou em previsões menos otimistas para a empresa.

Leia mais  Pague Menos ou "Lucre Menos"? PGMN3 apresenta prejuízo de R$ 10 milhões no resultado 2T23

Os analistas do banco destacaram a preocupação com a alavancagem financeira da Pague Menos como um dos principais pontos de atenção para os investidores. Embora a empresa tenha adotado medidas para melhorar sua estrutura de capital, incluindo a captação de cerca de R$ 300 milhões em capital próprio no terceiro trimestre de 2023 e a revisão de seu guidance para abertura de lojas, ainda existe um caminho significativo a ser percorrido para atingir a meta de alavancagem financeira de 1,7 vez até o final de 2024.

O Itaú BBA estima que a relação dívida líquida/Ebitda da PGMN ficará em 2,6 vezes no quarto trimestre de 2023. A revisão para baixo na projeção de abertura de lojas também é um aspecto importante, com a empresa ajustando a previsão para 2024 para 30 novas lojas brutas, contra as 120 previstas anteriormente. Esse ritmo mais lento de crescimento orgânico, necessário do ponto de vista financeiro, pode abrir espaço para que concorrentes com uma posição financeira mais robusta ganhem participação de mercado nas regiões centrais da PGMN, o que poderia impactar ainda mais a receita e a rentabilidade da empresa.

Os analistas observam que, até o momento, a Pague Menos conseguiu manter uma participação de mercado relativamente estável no Norte e Nordeste desde a aquisição da Extrafarma. No entanto, um agravamento do ambiente competitivo permanece como um ponto-chave a ser monitorado. O cenário atual sugere que a empresa terá que navegar com cuidado neste ambiente desafiador, equilibrando as necessidades de crescimento e sustentabilidade financeira.

Não perca os melhores investimentos internacionais para 2024

Você está procurando as mais promissoras oportunidades de investimento global para o próximo ano? Em um mundo financeiro que está sempre evoluindo, é essencial estar bem informado para tomar decisões de investimento inteligentes e rentáveis.

Leia mais  Pague Menos (PGMN3) adere à Rede Empresarial de Inclusão Social

No Guia do Investidor, nós compilamos para você as orientações dos principais profissionais do mercado sobre os investimentos mais atraentes no cenário internacional para 2024. Nossa equipe se dedica a reunir tendências de mercado internacionais, indicadores econômicos chave e oportunidades de crescimento em diversas regiões, fornecendo uma visão abrangente que pode guiar suas escolhas de investimento.

Se deseja se posicionar de forma estratégica no mercado global de investimentos, explore as insights e análises que agrupamos para você se destacar em 2024. Entendemos que cada investidor tem seus próprios objetivos e tolerância ao risco. Por isso, em nosso site, você encontra uma variedade de perspectivas que atendem a diferentes perfis de investidores, desde os mais conservadores até os mais audaciosos.

Além disso, mantemos você informado sobre as rápidas mudanças do mercado financeiro global. Nossas atualizações constantes asseguram que você tenha acesso às mais relevantes e atuais informações sobre as melhores oportunidades de investimento internacional que 2024 tem a oferecer. Não deixe de clicar aqui para conferir!

Leia mais  Pague Menos (PGMN3) tem alta de 379,9% no lucro no 1T21
Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

Pague Menos aprova homologação do aumento de capital

Paola Rocha Schwartz

Pague Menos comunica aumento de capital

Rodrigo Mahbub Santana

Com troca de CEO ainda vale a pena investir na Pague-Menos?

Leonardo Bruno

Novo CEO no pedaço: Pague Menos anuncia mudança de gestão

Leonardo Bruno

Pague-Mais: PGMN3 anuncia aumento de capital e bonus de subscrição para acionitas

Leonardo Bruno

Pague Menos ou “Lucre Menos”? PGMN3 apresenta prejuízo de R$ 10 milhões no resultado 2T23

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário