Guia do Investidor
boeing 737 max gol 1 free big
Notícias

Gol (GOLL4) anuncia mudança no comando da empresa

A companhia aérea (GOLL4) anunciou que seu Diretor-Presidente, Paulo Kakinoff, fará a transição de seu cargo tornando-se membro do Conselho de Administração. Nesse sentido, o Vice-presidente de Operações, Celso Ferrer, sucederá Kakinoff como Diretor-Presidente a partir de 1º de julho de 2022.

Desse modo, Kakinoff liderou a companhia desde 2012. De acordo com a própria empresa

 “Período pelo qual passou por momentos de grande turbulência do setor e transformou a experiência do Cliente GOL”

destacou a companhia em

Já Celso ingressou na empresa aérea em 2003, e ocupou cargos como Vice-presidente de Planejamento e Vice-presidente de Operações.

Assim sendo, Celso também é um piloto de aeronaves Boeing 737. É formado em pela Universidade de São Paulo, em relações internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e possui MBA pelo INSEAD.

e Avianca anunciam acordo para criar holding Abra

A companhia aérea brasileira Gol (GOLL4) e a colombiana Avianca passarão a ser controladas por um mesmo grupo. Diante disso, o acordo foi assinado entre os principais acionistas da Avianca e o acionista controlador da Gol.

Leia mais  Sexta-feira negra: ações de companhias aéreas podem derreter em meio a nova variante e greves

Assim, a holding se chamará Grupo Abra.

Dessa maneira, Gol e Avianca manterão operações independentes. Isto é, mantendo suas respectivas marcas e culturas, enquanto “se beneficiam de maior eficiência e feitos pelo mesmo grupo controlador”.

Dessa forma, a equipe de gestão da Holding, será liderada por Roberto Kriete (Presidente do Conselho de Administração).

Além dele, Constantino de Oliveira Junior (CEO), e Adrian Neuhauser e Richard Lark (Co-Presidentes) também estão presentes.

“Nem o MOBI FIA ou tampouco os irmãos Constantino alienarão, direta ou indiretamente, qualquer ação da Gol. A operação não acarretará a obrigatoriedade de realização de uma oferta pública de aquisição de controle para os acionistas minoritários da Gol, uma vez que não haverá alienação ou transferência do controle acionário da Gol, conforme determinado pelas leis e regulamentos brasileiros”

destaca o comunicado

Desse modo, o fechamento da operação está condicionado ao cumprimento de determinadas condições precedentes usuais previstas no Master Contribution Agreement. Isto é, incluindo a aprovação pré dos órgãos reguladores competentes.

Nossas redes:

Leia mais

Após liquidações, Ibovespa volta a subir com Super-Quarta no radar

Leonardo Bruno

Demanda por voos da Gol dispara 97,1% em maio

Leonardo Bruno

Aumento de capital social da Gol (GOLL4) é homologado e passa para R$ 4,2 bilhões

Ruan Sousa

Gol (GOLL4) retoma serviço de bordo em voos domésticos a partir de domingo

Ruan Sousa

Turismo nacional cresce 43,5% em março, aponta FecomercioSP

Agência Brasil

Decola o Grupo Abra: Gol + Avianca

Autor Convidado

Deixe seu comentário