Guia do Investidor
VAREJO 14 1024x613 1
Notícias

Varejo e aéreas são destaque entre ações que mais ‘chacoalharam’ no primeiro semestre

Levantamento da casa de análise Inv mostra que empresas do setor tiveram maior oscilação em relação ao resto do mercado e sofreram com aumento da taxa de juros

As empresas do setor de varejo e as áreas foram as que tiveram maior volatilidade durante o primeiro semestre de 2022. O estudo foi feito pela casa de análises Inv, com dados da Bloomberg. Entre as 10 mais voláteis no período, cinco são do e duas são – Magazine Luiza, Méliuz, Via , Americanas e Gol estão no top 5 (veja lista completa abaixo). Tecnologia e completam a lista.

Segundo João Abdouni, analista de ações da Inv, a alta e a elevação das taxas de juros afetam diretamente o varejo, que vem sofrendo desde o ano passado. No caso das e da , o preço do petróleo e a alta do dólar também colaboraram para uma grande oscilação dos papéis. No geral, as ações também apresentaram quedas expressivas.

“São empresas onde os lucros futuros são menos previsíveis e elas acabam ‘sofrendo’ mais no valuation. Com a taxas de juros altas, combustível mais caro e dólar subindo, as pessoas acabam consumindo menos produtos e serviços não-essenciais, como eletrodomésticos, eletroeletrônicos, passagens aéreas”

completa Abdouni.

“O cenário macro afeta muito mais companhias destes setores. Empresas de energia elétrica, por exemplo, já tem seus contratos de longa duração, possuem uma previsibilidade muito maior em relação aos lucros futuro”

diz o analista de ações da Inv.
image 130
Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Varejistas em alta: é hora de comprar Magalu e Via? Tome Cuidado

Leonardo Bruno

Setor de varejo dispara na bolsa: especialistas comentam

Guia do Investidor

Hora de comprar ações Petz (PETZ3); após incorporação, papéis decolam

Cristiane Luzio Rodrigues

Dividendos: Arezzo (ARRZ3) pagará R$ 69 milhões em JCP aos acionistas

Cristiane Luzio Rodrigues

Acabou a esperança? Com queda do Varejo, ações da Magalu e Via seguem derretendo na bolsa

Leonardo Bruno

Estamos prestes a quebrar a barreira on e off também no varejo físico

Autor Convidado

Deixe seu comentário