Guia do Investidor
acoes iguatemi
Notícias

Vendas da Iguatemi disparam 30% na prévia do 2T22

  • A Iguatemi (IGTI11) informou sua prévia operacional referente ao segundo trimestre de 2022;

Assim, a companhia comunica ao que as vendas de seus lojistas no período totalizaram R$ 4,3 bilhões, recorde para o período e representando alta de 30,2% em relação ao mesmo período de 2019, pré-pandemia.

Já as vendas mesmas lojas subiram 31% de abril ao fim de junho ante o mesmo período de 2019.

“A retomada das vendas atrelada às economias no condomínio continua trazendo espaço para retirada dos descontos, sem impactar indicadores como custo de ocupação e inadimplência líquida, que ficaram abaixo do segundo trimestre de 2019 (2T19) mesmo com crescimento no 2T22 de 56,2% no SSR (Aluguéis mesmas lojas) e de 42,1% no SAR (Aluguéis mesmas áreas). Em junho o crescimento foi de 59,1% no SSR e 42,5% SAR versus junho de 2019”, apontou a companhia no comunicado.

image 135

Já a recuperação das vendas, somadas aos esforços de contenção dos custos de condomínio, aponta a companhia, fez com que ela retornasse aos seus custos de ocupação históricos, o que possibilitou não só aumentar a cobrança dos aluguéis atuais, como também receber aluguéis passados, refletindo numa inadimplência negativa de 2,3% no trimestre.

Leia mais  Dia 11 de setembro será decisivo para a Oi: entenda

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

BTG, Vale e mais 8: confira as escolhas da Ágora investimentos para junho

Leonardo Bruno

Iguatemi (IGTI11), Cury (CURY3) e Sinqia (SQIA3): empresas anunciam pagamento de proventos aos acionistas

Ruan Sousa

Quer fazer Day Trade hoje? Confira as dicas do BTG Pactual para não perder dinheiro

Leonardo Bruno

Quais as melhores Small Caps para comprar em Abril?

Leonardo Bruno

Lucro da Iguatemi chega a R$ 82,8 milhões no resultado 4T21

Leonardo Bruno

É hora de comprar ações de crescimento e esquecer commodities, aponta Morgan Stanley

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário