Guia do Investidor
imagem padrao gdi
Notícias

Ajuste no teto de juros pode restabelecer a oferta de crédito consignado, diz ABBC

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

A ABBC — Associação Brasileira de Bancos avalia como importante o ajuste no teto de juros cobrado nos empréstimos consignados e nas operações do cartão consignado a beneficiários do INSS, promovido pelo Conselho Nacional da Previdência Social.

Apesar dos índices abaixo do esperado pelas instituições financeiras, as novas taxas permitem alcançar os objetivos de oferecer alternativas de empréstimos mais acessíveis e em consonância com as iniciativas do governo de fomentar o crédito no país.

Resultado dos esforços conjuntos entre as autoridades públicas e do sistema financeiro, a elevação da taxa de 1,70% a.m. para 1,97% a.m nos empréstimos e de 2,62% a.m. para 2,89% a.m no cartão consignado levou em conta a estrutura de custos dos serviços.

Leia mais  Pesquisa revela apoio da população à pressão de Lula por juros baixos

A decisão quanto ao restabelecimento da oferta de crédito caberá a cada instituição financeira, levando em conta os novos tetos estabelecidos.


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais

O “cobertor curto” da economia brasileira em 2024

Autor Convidado

O ambiente econômico não permite redução de juros

Autor Convidado

COPOM mantém taxa Selic em 10,50% ao ano por unanimidade

Rodrigo Mahbub Santana

Taxa Selic é mantida em 10,5% ao ano

Márcia Alves

Risco da sujeição do Presidente do BC ao presidente da República

Autor Convidado

Itaú Asset lança ETF de dividendos mensais

Rodrigo Mahbub Santana

Deixe seu comentário