Guia do Investidor
juros altos instituto de longevidade mag meio
Notícias

Economistas da ANBIMA projetam fim do ciclo de alta dos juros, com Selic em 13,75% até o fim de 2022

A taxa de juros deve subir mais uma vez hoje, dos atuais 13,25% para 13,75%, de acordo com o Grupo Consultivo Macroeconômico da (Associação Brasileira das Entidades dos Financeiro e de Capitais). Segundo os economistas que fazem parte do colegiado, o movimento deve encerrar o ciclo de alta dos juros deste ano, com a mantendo esse patamar até o fim de 2022.

Para 2023, a mediana da projeção da Selic foi revisada de 9,75%, apontada no relatório anterior do grupo, de junho, para 10,50%. A mudança reflete a análise de que as incertezas do cenário de curto e médio prazos exigirão uma taxa média de juros mais alta por mais tempo.

As estimativas dos economistas para a , entretanto, foram revistas para baixo, dadas as medidas de desoneração fiscal adotadas pelo . A projeção do (Índices de Preços ao Consumidor Amplo), que estava em 9,1% no último relatório do grupo, passou para 7,2%. Para 2023, a revisão foi para cima, de 4,3% a 5,4%.

Leia mais  5 tipos de investimentos que rendem mais que seu banco

Em relação à atividade econômica, a projeção para o PIB (Produto Interno Bruto) de 2022 subiu de 1,5%, apontado no relatório anterior, para 2%. Já para 2023, é esperada perda de tração, diante dos efeitos da política monetária restritiva na atividade doméstica e do contexto de desaceleração da economia mundial: o crescimento de 0,49% foi revisto para 0,30%.

Para o , é esperada pelos economistas uma desvalorização adicional do real frente ao , por conta do aumento dos juros no e da redução dos preços das commodities. A projeção para o encerramento de 2022 foi revisada de R$ 5,00, apontados no relatório anterior, para R$ 5,20.

Confira o Relatório Macroeconômico da ANBIMA

O Grupo Consultivo Macroeconômico é composto por 24 economistas de instituições associadas à ANBIMA. Eles se reúnem a cada 45 dias, em média, sempre na semana que antecede a reunião do Copom, para analisar a conjuntura econômica e traçar cenários para os mercados brasileiro e internacional.

Recomendações no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Pesquisa: Investidores manterão aportes em startups, apesar de juros altos

Guia do Investidor

Veja o que dizem especialistas sobre alta dos juros americanos

Autor Convidado

Escalada de juros americana pode ser boa oportunidade para investimentos em crédito com garantias imobiliárias nos EUA

Guia do Investidor

Ciclo de juros altos deu certo? Analistas indicam que o “pior da inflação” já passou

Leonardo Bruno

hEDGEpoint prevê demanda mais fraca em função da alta de juros; confira análise

Guia do Investidor

Presidente da Abit defende fim do ciclo de aumento dos juros

Guia do Investidor

Deixe seu comentário