Guia do Investidor
localiza unidas capa2019 01
Notícias

Localiza (RENT3) celebra criação da maior plataforma de mobilidade da América Latina na B3

Por meio do simbólico toque de campainha na , companhias festejam combinação dos negócios e a formação da mais valiosa empresa de capital aberto do setor, com valor de mercado de cerca de R$ 50 bilhões

Localiza e Unidas celebraram, hoje (11), a conclusão da união das companhias – oficializada na última sexta-feira (01) – com o simbólico toque de campainha na . Estiveram presentes Eugênio Mattar, presidente executivo do Conselho de Administração da ; Luís Fernando Porto, vice-presidente executivo do conselho; Bruno Lasansky, CEO da companhia; e Gilson Finkelsztain, presidente da B3.

“A combinação dos negócios nos dá a oportunidade de criar uma das maiores e das mais completas plataformas de mobilidade sustentável do mundo. É a concretização de um sonho grande no qual duas empresas, que nasceram com uma pequena frota, cresceram e ganharam relevância em um setor competitivo e dinâmico, unem-se para gerar ainda mais valor para clientes, colaboradores e sociedade em geral”

enfatiza Eugênio Mattar.

A união posiciona a Localiza como a maior companhia do segmento em valor de mercado (dentre as de capital aberto) e líder na América Latina nos principais segmentos em nos segmentos em que atua. Com aspirações internacionais, Localiza passa a contar com a parceira da Enterprise, líder mundial e detentora das marcas Alamo e National, por meio de um acordo mútuo de indicação de reservas. Além disso, dará mais tração e musculatura para realizar em expansão internacional, inovações tecnológicas, além da diversificação do portfólio e de soluções, oferecendo uma jornada de excelência para diferentes necessidades e perfis de cliente.

“É um movimento histórico. Temos a convicção de que o encontro das duas companhias – ambas brasileiras com trajetórias de empreendedorismo inspiradoras – tem potencial para revolucionar o setor no cenário nacional e internacional. Atuamos em um mercado pujante, que está em franco crescimento e em constante transformação e pelo qual vislumbramos a oportunidade de fazer mais e melhor”

complementa Luís Fernando Porto.

A convergência das empresas também impulsionará a já ampla agenda ESG da companhia por meio da troca de boas práticas e soma de iniciativas, recursos e expertises com o objetivo de maximizar o seu impacto positivo. A empresa fruto desse encontro já nasce com os pilares de sustentabilidade integrados à estratégia do negócio com o objetivo de fomentar ainda mais a mobilidade sustentável, seguir na promoção de transformações sociais por meio de projetos de educação e de empreendedorismo, além de primar pelos mais altos padrões de governança corporativa.

“Estamos preparados e entusiasmados para seguir com a integração e criar uma plataforma de mobilidade ainda mais robusta, eficiente e de excelência, sempre com foco em oferecer soluções cada vez mais surpreendentes aos nossos clientes e em gerar valor para os nossos colaboradores, parceiros e sociedade. O da combinação de negócios cria uma companhia extremamente sólida, com ampla capilaridade na América Latina e pronta para crescer tanto no quanto internacionalmente. Juntos, somos ainda mais fortes para desbravar diferentes avenidas de crescimento”

finaliza Bruno Lasansky.

“Para nós, é muito simbólico que essa combinação de negócios seja celebrada justamente aqui na B3, pois mostra a força e a importância do mercado de capitais como fonte de financiamento das empresas brasileiras que podem empreender novos projetos, diversificar fontes de captação e ampliar seus negócios”

ressalta Gilson Finkelsztain, CEO da B3.
image 120

A nova empresa em números:

  • A maior companhia do setor em valor de mercado (dentre as de capital aberto)
  • A mais completa plataforma de mobilidade sustentável da América Latina
  • Entre as 16 marcas mais valiosas do Brasil
  • Market cap: aproximadamente R$ 50 bilhões
  • Agências RAC: de 622 para mais de 670
  • Lojas Seminovos: de 127 para mais de 190
  • Frota consolidada: de 293 mil para 445 mil
  • Colaboradores: cerca de 16 mil
  • Número de clientes: mais de 12 milhões
Leia mais  Veja 10 dicas para fazer compras seguras no Dia das Mães e evitar golpes

Próximos passos — etapas seguintes à combinação dos negócios

Com a concretização da operação, o Conselho de Administração da Localiza passa a ser composto por oito membros, seis indicados pelos fundadores da Localiza e dois indicados pelos de . Eugênio Mattar permanece como presidente executivo do Conselho de Administração, Luís Fernando Porto assume a vice-presidência executiva e Bruno Lasansky permanece como CEO da companhia.

Também se inicia o processo de integração entre os times de Localiza e de parte da Unidas que passa a integrar a companhia. O objetivo, nesta etapa, é capturar e somar melhores práticas, conhecimentos e aprendizados, sempre com foco no cliente e na excelência do atendimento. Em paralelo, começará o processo de composição organizacional e operacional da parte da Unidas, que inicia a sua operação de maneira segregada em agosto visando a entrega ao comprador em outubro. Em ambos os movimentos, que ocorrerão paralelamente, haverá especial cuidado e atenção com os colaboradores.

O planejamento da integração e da formação da operação de Unidas que será transferida está sendo feito por um time robusto e dedicado. As companhias também contam com consultorias especializadas em gestão, cultura e estruturas organizacionais para apoiar o processo, que será iniciado em julho de maneira gradual para não haver impacto na operação e no atendimento aos clientes. A partir de agosto, após a realização das devidas estruturações e capacitações, inicia-se de fato a operação integrada.

Leia mais  Localiza (RENT3) reporta lucro líquido de R$ 325,5 milhões no 3T20

No RAC, as mudanças serão mais imediatas por conta da incorporação de 68 agências de Unidas, que passam a ter a identidade visual de Localiza e devem estar totalmente integradas no início de agosto. Em Seminovos, segmento no qual 65 lojas de Unidas passam a fazer parte de Localiza, também haverá adequação visual e integração de sistemas, o que deve ocorrer de forma mais progressiva até meados de outubro.

image 121


“Vamos priorizar o aprendizado e as melhores práticas, não a velocidade, e estamos sendo muito cuidadosos e transparentes para que essa jornada seja positiva para todos: colaboradores, clientes e parceiros”

afirma Lasansky.

Linha do tempo — histórico do processo de combinação dos negócios

Em setembro de 2020, Localiza e Unidas anunciaram a intenção de união de suas operações com o objetivo de criar uma companhia referência mundial em mobilidade sustentável a partir da oferta de aluguel de veículos, gestão de frotas corporativas e carros por assinatura.

Em dezembro de 2021, a autarquia aprovou a integração das empresas com a condição de que parte dos de Unidas fosse adquirido por um comprador apto a criar um player competitivo no setor.

Leia mais  Busca por ações supera busca por poupança no Google

Em junho de 2022, as companhias submeteram ao CADE o nome da Brookfield Asset Management como compradora de parte dos ativos da Unidas e, no mesmo mês, o CADE publicou parecer positivo. O passo seguinte foi realizar o fechamento da transação por meio da incorporação das , o que ocorreu em 1ª de julho do mesmo ano. A celebração do fechamento da operação ocorreu hoje (11/07/2022), na B3, por meio do simbólico toque de campainha.

LULA OU BOLSONARO? Não corra o risco das eleições no Brasil: abra sua conta no exterior e proteja seu patrimônio

no seu e-mail

Nossas redes:

Leia mais

Fitch Rating altera classificação da Localiza (RENT3) para AAA

Leonardo Bruno

O barato que sai caro: nova decisão da CVM pode custar R$ 1,2 bi para a Localiza

Leonardo Bruno

As 10 Melhores Ações para Comprar em Julho, segundo BTG

Cristiane Luzio Rodrigues

Conselho da Unidas (LCAM3) ratifica dividendo intermediário

Ruan Sousa

Localiza (RENT3) anuncia juros sobre o capital no valor de R$ 131 milhões

Ruan Sousa

1° de Julho: Localiza e Unidas divulgam data para a fusão das empresas

Leonardo Bruno

Deixe seu comentário