Guia do Investidor
arranjo dos elementos das contas da casa
Notícias

O que vale mais a pena: aluguel de imóveis ou fundos imobiliários?

Nos siga no Google News

Continua após o anúncio

Muitos investidores pensam no mercado imobiliário como uma forma de obter renda, especialmente com o aluguel. Mas será que vale a pena adquirir um imóvel para esta finalidade? Simulação realizada pela equipe da Santander Corretora comparou o retorno gerado pelo aluguel e os ganhos dos fundos imobiliários (FIIs).

 Nesta comparação, os FIIs apresentam vantagens em termos de custos e impostos. Além disso, têm mais liquidez que uma casa ou apartamento, ou seja, se o investidor precisar do dinheiro consegue negociar as cotas mais rapidamente do que em uma venda de imóvel.  

 Na simulação, com aplicação inicial de R$ 300 mil, o rendimento líquido, sem custos e impostos, dos fundos imobiliários chega a R$ 89,1 mil em três anos. Neste mesmo período, o rendimento líquido de um apartamento de mesmo valor, com aluguel mensal de R$ 1.970,00, é de R$ 11,5 mil.

 “Os fundos imobiliários são indicados para quem quer diversificar o portfólio e contar com rendimentos periódicos, sem a burocracia de ter que gerenciar um imóvel”, afirma Flavio Pires, especialista em Fundos Imobiliários da Santander Corretora.

 Veja a simulação de um investimento de R$ 300 mil:

 

Leia mais  Pagar aluguel com investimentos pode ajudar no orçamento doméstico

 

Aluguel de um apartamento

Fundo imobiliário

 

 

 

Impostos

R$ 9 mil (ITBI de 3%)

Não aplicável

Custos

Reforma: R$ 10 mil

Corretagem: R$ 1,5 mil (0,5% na compra)

Custo com administração

10% sobre aluguel (imobiliária)

Zero (custódia na B3)

Imposto de renda

27,5% sobre a renda

Zero

Receita

R$ 1.970,00*

R$ 2.470,00**

Rendimento em 3 anos

R$ 11,5 mil

R$ 89,1 mil

 


Nos siga no Google News

DICA: Siga o nosso canal do Telegram para receber rapidamente notícias que impactam o mercado.

Leia mais  Aluguel em Curitiba subiu 21,2% nos últimos 12 meses, segundo Imovelweb

Leia mais

Moradia mais cara: construtoras repassarão alta de impostos a consumidor

Fernando Américo

Preços de aluguel e casa própria subirão com Reforma Tributária

Márcia Alves

Capitais registram menor alta do aluguel dos últimos anos

Guia do Investidor

5 dicas para sair do aluguel e começar 2024 em um imóvel próprio

Autor Convidado

Preço de Aluguéis dispara em janeiro

Guia do Investidor

Índice de Variação de Aluguéis Residenciais variou 1,80% em outubro

Guia do Investidor

Deixe seu comentário